Copa do Nordeste

Time vai decidir título contra o Campinense-PB

Segunda, 04 de março de 2013
  • Enviar por email
  • Imprimir
  • enviar

Texto:A-A+ Bruno Soriano   - (Foto: Futura Press)

O ASA voltou a surpreender e, com gol de cabeça do atacante Léo Gamalho, aos 37 minutos do segundo tempo, calou o Castelão, em Fortaleza, vencendo o Ceará por 1x0, na tarde deste domingo (03), conquistando a classificação para a grande final da Copa do Nordeste, em partida que cada time teve um gol anulado. E o adversário do Alvinegro do Agreste já está definido: será o Campinense-PB, que eliminou o Fortaleza, também neste domingo.

No primeiro jogo da semifinal, o ASA ficou no empate em 3x3 diante do Vozão. Com isso, viajou para a capital cearense precisando de uma vitória simples ou de empate por quatro ou mais gols. Um novo empate em 3x3 levaria a disputa para a cobrança de pênaltis.

E o primeiro jogo da decisão do certame regional acontecerá em Arapiraca, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, na tarde do próximo domingo, 10.

O jogo

O jogo teve início com o Ceará partindo para cima, empurrado por seu torcedor e criando boa chance aos 13 minutos. Após cobrança de falta pela direta, o atacante Magno Alves subiu mais alto que todo mundo e conseguiu o cabeceio perigoso, mas para fora, para alívio do goleiro Gilson.

O Vozão tinha mais volume de jogo, apesar da dificuldade para superar a marcação adversária. O ASA, por sua vez, não conseguia explorar a velocidade do contragolpe. Sem avançar pelas laterais, o time de Arapiraca não criava o bastante, já que o meia Didira não teve vida fácil, sem conseguir acionar Léo Gamalho, isolado no ataque.

Já aos 19’, o time de Fortaleza, que detinha as melhores chances, quase abriu o marcador. O meia Ricardinho dominou pela direita, na entrada da área, e chutou forte, acertando o poste do goleiro Gilson. Na sequência, a zaga do ASA afastou o perigo.

E só dava Ceará. Após bate-rebate na grande área, a bola quase sobrou na pequena área para o meia Régis, aos 25 minutos, mas a defesa do Gigante afastou o perigo na hora 'h'. E o mesmo Régis desperdiçaria nova oportunidade já aos 45’, chutando para fora.

Gol da classificação

A partida seguiu praticamente a mesma no segundo tempo, com o Ceará em cima, desperdiçando muitas oportunidades. Numa delas, aos seis minutos, o atacante Anselmo foi lançado pela esquerda, nas costas da zaga, e chutou rasteiro. Gilson caiu no canto esquerdo e defendeu parcialmente. Na sequência, Edson Veneno afastou o perigo.

Mas o ASA reagiu aos 10 minutos. O atacante Léo Gamalho recebeu pela direita e cruzou rasteiro para Didira. O meia chutou prensado, na pequena área, e a zaga do Vozão afastou o perigo.

Já aos 15’, o Ceará – que seguia em cima, encurralando o adversário em seu campo de defesa – criou nova grande chance. O meia Ricardinho recebeu na entrada da área e chutou forte. Gilson, no reflexo, espalmou para escanteio, no centro do gol.

Aos 31 minutos, o Vozão novamente chegou à meta do goleiro Gilson, em rápido contragolpe. O meia Válber – que substituiu o atacante Anselmo – recebeu pela direita, abriu espaço para a perna esquerda, mas chutou em cima do zagueiro. A bola passou à direita do goleiro alvinegro.

Um minuto depois, foi a vez de o técnico Leandro Campos processar a primeira mudança no ASA – que precisava abrir o marcador –, com o meia Jorginho saindo para a entrada do atacante Rodrigo Datas. E como quem não faz, leva, o time de Arapiraca conseguiu marcar, já aos 37’.

Após cobrança de escanteio pela direita pelo lateral Osmar, o atacante Léo Gamalho subiu mais alto que todo mundo, em lance no segundo pau, e cabeceou para baixo, acertando o canto direito do goleiro Fernando Henrique, que foi na bola, mas nada achou: 1x0.

O clube alagoano então se fechou no final, para administrar o resultado, calando o Castelão. Leandro Campos ainda trocou o meia Thalysson pelo atacante Wanderson, para tentar manter a bola no campo adversário, antes de ver o Ceará criar mais duas grandes chances de igualar o confronto.

Numa delas, já aos 46’, o atacante Pingo recebeu pela direita, nas costas da zaga, e chutou cruzado. A bola passou por dois, mas ninguém do Ceará conseguiu concluir na pequena área e a bola saiu à direita do goleiro Gilson, para alívio do torcedor arapiraquense, que também marcou presença no Castelão.

Campeonato ver mais

1ª Rodada

2ª Rodada

Classificação ver tabelas

Copa Maceió Chevrolet Onix 2014 (2º turno) (Copa Maceió) - Grupo A

  •  

    Times

    P

Classificação ver tabelas

Copa Maceió Chevrolet Onix 2014 (2º turno) (Copa Maceió) - Grupo B

  •  

    Times

    P
twitter facebook
FAF © 2007-2012